4 de fevereiro de 2016

Mudar é adaptar-se constantemente à vida!



O Monumento ao Imigrante de Bento Gonçalves foi realizado para comemorar os 130 anos da imigração italiana no sul do Brasil.

A obra retrata uma carroça puxada por bois, atolada e com a mudança de uma família. Dois homens puxam as cordas, um tenta erguer a roda e o último empurra por trás. Na carroça sentadas, a Mamma e uma criança e iluminando o caminho à frente tem uma adolescente.


Esta obra feita foi feita em bronze, é assinada por Gustavo Nekle e está na praça da Igreja da Pipa na Av. Planalto. Já se passaram mais de 10 anos e o monumento, mudado pelo tempo, fica cada vez mais lindo!

Mas na verdade o que me impressiona neste monumento é a MUDANÇA encima da carroça.

Literalmente e em sentido figurado.

Imaginem quantas mudanças ocorreram com cada membro desta família vinda da Italia para o Brasil?


Vcs não acham que  o ser humano é preguiçoso por natureza ?
Se estiver tudo bem então tá tudo bem... Não precisa fazer nada!
Só quando saímos da nossa zona de conforto e ficamos desacomodados é que vamos atrás de buscar uma nova acomodação e então mudamos.


Com o passar dos anos mudamos de opinião, de casa, de desejos, de amor, de interesses...Uma dieta muda o nosso paladar, um novo amor muda nosso humor, uma doença muda nossa forma de interagir com os outros,  uma morte muda o sentido da vida.

Mudar exige força!
Precisa coragem!
É atualizar-se, resignar-se, é entender melhor... É dar a volta por cima, é aproveitar mais, é não cometer os mesmos erros. É ser dinâmico e estar sempre em movimento!

Mudar é rir do que passou, é se aplaudir , é desculpar-se...

Mudar é adaptar-se constantemente à vida!


Para ver uma reportagem sobre a imigração italiana clique AQUI
Para saber mais sobre o artista clique AQUI